MIGUEL MOTA

Curriculum Vitae

 

Nome completo: Miguel Eugénio Galvão de Melo e Mota
Nome usado nas actividades científicas: Miguel Mota
Local e data do nascimento: Lisboa, 15 de Outubro de 1922

Estudos:
Estudou no Instituto Superior de Agronomia, Universidade Técnica de Lisboa, de 1940 a 1948, quando recebeu o título de Engenheiro Agrónomo. O seu Relatório de Tirocínio, "Factores que comandam a cor e o comprimento do pêlo no coelho" foi classificado com 18 valores. A dissertação, cujo trabalho de investigação foi realizado de 1946 a 1948 no Departamento de Genética da Estação Agronómica Nacional e se intitulou "O Trigo Sarraceno (Fagopyrum esculentum Moench)", foi classificado com 17 valores. A classificação final de curso foi de 14 valores.
Possui a especialização de Engenheiro Agrónomo Tropical e todas as cadeiras e o tirocínio de Engenheiro Silvicultor.
Possui o Curso de Técnicas de Radioisótopos do Oak Ridge Institute of Nuclear Studies, dos Estados Unidos.
É Doutor Honoris Causa pela Universidade de Évora, 22 de Novembro de 2006

Cargos exercidos:
1948-1955 - Chefe do Laboratório de Citogenética da Estação de Melhoramento de Plantas, Elvas
1955-1992 (data da aposentação, na categoria de Investigador Coordenador): Departamento de Genética da Estação Agronómica Nacional, em Oeiras, desde 1966 como Chefe do Departamento
1975-1992: (em acumulação) Director do Laboratório de Microscopia Electrónica da Estação Agronómica Nacional
1982-1993 (em acumulação) Professor Catedrático Convidado da Universidade de Évora. (Após análise do seu curriculum pelo Conselho Científico da Universidade e aprovação por maioria absoluta dos seus membros, nos termos da lei)
1994 - Professor Catedrático da Universidade Lusófona
1998 - Professor Catedrático do INUAF (Instituto Superior D. Afonso III)
Períodos de trabalho no estrangeiro:
1950 e 1951 - (Dois períodos, num total de um ano) - Institute of Genetics, University of Lund, Sweden.
1953 - University College of Wales, Aberystwyh, Great Britain (três meses). (Como Fellow do British Council).
1957 - 1959 - Biology Division, Oak Ridge National Laboratory, Oak Ridge, Tennessee, U.S.A. (um ano) e Division of Biological and Medical Research, Argonne, Illinois, U.S.A. (um ano e quatro meses). (Como Fellow da National Academy of Sciences, U.S.A.).
1962 - 1963 - University of Wisconsin (seis meses) e The Institute for Cancer Research, Philadelphia, Pennsylvania, U.S.A. (um ano). (Como André Mayer Fellow da FAO).
1970 - 1971 - Visiting Professor of Botany, Ohio University, Athens, Ohio, U.S.A. (As viagens suportadas pelo Programa Fulbright)
1986 - 1987 - Genetic Resources Conservation Program, University of California, Davis, U.S.A. (seis meses).(Como recipiente do Fulbright Biological Diversity Award).

Trabalhos de investigação:
O seu trabalho de investigação situou-se no campo da Genética, em problemas relacionados com a agricultura e uma parte deles também no campo das ciências básicas. Estudou problemas de poliploidia, anfidiploidia e haploidia; biologia celular (aos níveis da microscopia óptica e da microscopia electrónica), entre os quais a estrutura e o movimento dos cromossomas; conservação dos recursos genéticos, etc.
Foram obtidos poliplóides em plantas de diferentes espécies, principalmente Secale cereale (de que estão em cultura, nas Beiras e em Trás-os-Montes, algumas linhas com certa expansão, mas cujo exacto grau de divulgação não se conhece), Hordeum vulgare e Trigonella foenum-graecum.
O trabalho sobre anfidiplóides resultou na obtenção de várias plantas híbridas de Triticum aestivum e Secale cereale, triticales primários octoplóides, de que se obtiveram várias linhas em selecção e donde derivaram algumas linhas hexaplóides, não só por eliminação de cromossomas, mas também como resultado de cruzamentos espontâneos.
Os estudos de biologia celular, associados com os temas de aplicação atrás referidos, têm sido centrados no problema da anafase (pois a produção de poliplóides e anfidiplóides baseia-se, exactamente, na supressão duma anafase, no ciclo mitótico) e na estrutura do fuso acromático e estrutura do cromossoma em geral e do centrómero em especial.
Com base em resultados experimentais próprios (algumas anomalias mitóticas) e da literatura, apresentou uma nova teoria para explicar o movimento anafásico, que suplanta as dificuldades e deficiências das teorias até então existentes. Essa teoria foi recentemente confirmada por vários autores.
Desde 1975 tem estado directamente envolvido em trabalhos de conservação dos recursos genéticos, tendo sido, até à data da sua aposentação, Coordenador Nacional do Programa de Conservação dos Recursos Genéticos. Neste campo manteve cooperação internacional diversa, incluindo missões de colheita de germoplasma em colaboração com a Espanha. Como membro da Comissão do Banco de Genes da EUCARPIA, presidiu â organização do "EUCARPIA Internacional Symposium on Conservation of Genetic Resources of Aromatic and Medicinal Plants"

Doutoramentos:
Foi arguente de três doutoramentos em Portugal (de dois dos quais foi orientador) e onze na Índia (um da Universidade de Kerala e dez da Universidade de Kalyani), no sistema usado por esse país, em que a tese é enviada ao arguente e este envia a sua critica por escrito, com a proposta de "aprovação" ou "reprovação" ou ainda sugerindo alterações e nova apreciação.

Actividades diversas:
Promoveu a criação da Sociedade Portuguesa de Microscopia Electrónica e estabeleceu, nesse campo, colaboração com a Espanha
Também é responsável, na colaboração com a Espanha (e além dos trabalhos de conservação dos recursos genéticos, atrás referidos), pelo início das Jornadas de Genética Luso-Espanholas, tendo organizado, como Secretário-Geral, as de 1965 e de 1989.
No âmbito das sociedades científicas e além dos casos já referidos, assinala-se a actividade como Secretário-Geral da Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal (1977-1980), Vice-Presidente da Sociedade Portuguesa de Ciências Naturais (1964-1965), Presidente da Sociedade Portuguesa de Genética (2001-) e como Presidente (1969, 1982 e 1987) da Sociedade Portuguesa de Microscopia Electrónica, que implicaram organização de conferências e reuniões científicas, bem como a direcção de publicações
Embora a sua actividade se concentrasse sempre no domínio da investigação científica e também no da docência universitária, desde muito cedo prestou atenção aos problemas da Extensão Agrícola. Fundou, ainda como aluno do Instituto Superior de Agronomia, a "Brigada Agros. Serviços de Extensão da Associação dos Estudantes de Agronomia" e, através de numerosos escritos e alguns casos pontuais de actuação, tem-se batido pelo desenvolvimento dessa actividade, que tão necessária é para Portugal ter uma agricultura bem diferente da que tem.
Igualmente lhe têm merecido atenção (expressa em numerosos escritos) os problemas da organização da investigação científica.

Publicações:

Escritos científicos mais importantes (seleccionados duma lista de cerca de 100):

The action of seed extracts on chromosomes
Arquivo de Patologia 24(3):336-357. 1952.(Esta trabalho recebeu o "Prémio A. J. da Silva Pereira" do Instituto Português de Oncologia)

Behaviour of a Triticum x Secale hybrid under the action of colchicine
Nature 172:412-413. 1953. (Com E. Villax)

Non-synchonized meiosis in binucleate pollen mother cells of an Avena hybrid.
Heredity 10(1):109-117. 1956 (Com J. W. H. Holden).

A new hypothesis of the anaphase movement
Cytologia, Supplement: 113-116. 1957.

Karyokinesis without cytokinesis in the grasshopper
Experimental Cell Research 17:76-85.1959

The distribution of cellular matter during meiosis
Endeavour 19(74):100-107. 1960 (Com A. C. Longwell)

The ultrastructure of the centromere
V Int. Congress of Electron Microscopy NN-11. 1962

Electron microscope study of the relationship between the nucleus and mitochondria in Chlorophytum capense (L.) Kuntze
Cytologia 28(4):409-416. 1963.

The nucleolus and heterochromatin in Sertoli nuclei
VII Int. Congress of Electron Microscopy 2:239-240. 1970

Electron microscope study of bacteria in the intercellular spaces of the root cap of Luzula purpurea Link
Journal of Submicroscopic Cytology 7:373-378. 1975.(Com M.T. Silva and R. Salema)

The Philosophy of Plant Genetics
in "Replies from Biological Research" (Roman de Vicente, editor) (UNESCO Symposium on "Ethics and Genetics", Madrid, 1977) Madrid 1979:177-186.

Applicability of immunosorbent electron microscopy (ISEM) in the detection and identification of CM 112 virus in grapevine.
Proceedings of the VII Meeting of the International Council for the study of Viruses and Virus-Diseases of Grapevine (I.C.V.G.) Niagara Falls, Canada, 1980. (Com A. de Mendonça, O. A. de Sequeira, A. N. Pereira e V. Simões).

Lupin germplasm resources in Portugal
Proc. IIIrd Int. Lupin Congress, La Rochelle, pag. 103-107. 1984

Motorways as a repository for plant genetic resources. The "Costa do Estoril" example
Proc. of the IFLA (International Federation of Landscape Architects) XXVII World Congress, Bergen 1990 (Com A. Borges Leitão).

The Anaphase Movement and its relationship with cell cleavage
Biomechanics of active movement and division of cells, NATO ASI Series, N. Akkas, editor, vol. H 84, pag.563-567. 1994

Citações: São conhecidas pelo menos várias dúzias de citações em mais de 25 revistas científicas e mais de 20 livros texto de expansão internacional.

 

Escritos de divulgação, doutrina, etc.
Além de mais de um milhar de artigos em dezenas de jornais e revistas diversos, publicou os seguintes livros:

Uma guerra entre as plantas
Novela de divulgação agrícola
Lisboa, 1954

O Pomar
Colecção Educativa, Série N, Nº 11. Lisboa

Problemas da Investigação Científica. Problemas da Agricultura
(Artigos publicados no Jornal do Comércio, 1960-1969)
Lisboa, 1969

Publicados sob a sua direcção
I Jornadas de Extensão Agrária
Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal, Lisboa, 1979

Colóquio sobre Comunicação Social e Desenvolvimento Agrícola
Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal, Lisboa, 1979

Homenagem à Memória do Professor António Câmara
SCAP, Lisboa, 1981

De 1977 a 1980 foi publicada sob a sua direcção a "Revista de Ciências Agrárias", da Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal
Fez parte do Concelho Científico da "Revista Portuguesa de Bioquímica Aplicada"

Sociedades científicas:
Portuguesas:
Sociedade Portuguesa de Microscopia Electrónica - Fundada por sua iniciativa. Presidente em 1969, 1982 e 1987.
Sociedade Portuguesa de Genética - Sócio Fundador, Vice-Presidente da Assembleia Geral 1978-1981. Presidente da Direcção 2001-
Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal. Sócio Honorário. - Secretário-Geral 1977-1980
Sociedade Portuguesa de Ciências Naturais - Vice-Presidente 1964-1965
Sociedade Portuguesa de Extensão Agrária. - Presidente 1992 -
Associação dos Antigos Bolseiros Fulbright (Portuguese Fulbright Association) - Presidente 1993 - 2002
É também sócio do Aero Club de Portugal - Presidente da Assembleia Geral 1978-1985. Em 1986 recebeu o "Diploma de Honra"

Estrangeiras:
EUCARPIA (European Association for Research Connected with Plant Breeding) - Membro do Conselho de Administração Board) 1974-1980. Membro do "EUCARPIA Gene Bank Committee" 1980-1986
Royal Microscopical Society (Inglaterra) (Life Fellow)
Sociedade Espanhola de Microscopia Electrónica (Espanha). Sócio Honorário. ("Sócio de Honor")
Sociedade Espanhola de Genética

Algumas revistas científicas (apenas um número de cada) e alguns livros científicos que citam trabalhos do Professor Miguel Mota